Pelotas, 205 anos: experimente um pouco dos sabores dessa terra.

Hoje temos um bom motivo para compartilhar uma receita histórica com você. Porque nesta sexta (07/07/2017), é dia de celebrar os 205 anos de Pelotas. A terra do doce, as raízes do Arroz Extremo Sul. O arroz com pêssego é uma sobremesa típica, que revela a tradição da cidade e o respeito pela história dos povos que ajudaram a construir a cultura de uma região.  Experimente um pouco dos sabores de Pelotas.

Ingredientes

3 pêssegos frescos (240g)

1 ½ xícara (chá) de Arroz Extremo Sul (170g)

1 xícara (chá) de açucar (240g)

5 cravos

3 colheres (sopa) de manteiga (39g)

Modo de preparo

Corte 2 pêssegos em cubinhos e reserve o outro para a decoração do prato.

Derreta ½ xícara (chá) de açúcar em fogo médio, mexendo até obter o caramelo. Em seguida, adicione 3 xícaras (chá) de água (600 ml).

Quando o caramelo estiver totalmente dissolvido na água, acrescente o arroz, os pêssegos em cubos e os cravos. Cozinhe em fogo baixo, com a panela semitampada, por 30 minutos, ou até o arroz ficar bem cozido.

Junte o restante do açúcar, 1 colher (sopa) de manteiga (13 g) e 1 xícara (chá) de água (200 ml) e cozinhe por mais 20 minutos (adicionando mais água, se necessário).

Quando o arroz estiver quase pronto, corte o pêssego restante ao meio, e cada uma das metade em 8 (obtendo, assim, 16 barquinhas de pêssego). Aqueça o restante da manteiga em uma frigideira e grelhe os pêssegos.

Assim que o arroz estiver quase seco, com um creme espesso em volta dele, desligue o fogo e sirva-o em seguida, ainda quente.